Onda de calor de 2003 matou 1953

No Verão de 2003, durante 15 dias (entre 29 de Julho e 13 de Agosto), ocorreu uma onda de calor muito intensa, que ficou associada a 1953 mortes, 89% em idosos com mais de 75 anos. Este fenómeno afectou também vários países europeus, estimando-se que tenha causado 14 802 mortes em França, 3134 em Itália e 2045 em Inglaterra e País de Gales. A situação despertou as autoridades europeias para os efeitos na saúde: Portugal tem desde 2004 um plano de contingência para fazer frente às ondas de calor. Nos verões de 2005 e 2006 (o quinto mais quente de Portugal desde 1931) verificaram-se também várias ondas de calor. Os últimos anos têm sido mais frescos.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG