Noivos de Santo António já estão casados

A tradição lisboeta voltou hoje a cumprir-se com os Casamentos de Santo António, na Sé de Lisboa e nos Paços do Concelho.

Desde 1997 que a Câmara de Lisboa organiza os Casamentos de Santo António, iniciativa que começou em 1958 pelo Diário Popular na altura intitulada por "Noivas de Santo António", tendo sido interrompida em 1974 e retomada pela autarquia.

Na 18.ª edição dos Casamentos de Santo António organizados pelo município uniram matrimónio 16 casais, 11 em cerimónia religiosa católica na Sé de Lisboa, às 12:00, e cinco em cerimónia civil nos Paços do Concelho, às 14:15.

As celebrações tiveram a presença de oito 'casais de oiro', que se uniram em 1964 nas antigas "Noivas de Santo António" e que celebram agora 50 anos de matrimónio.

Junto à Sé de Lisboa concentraram-se, como acontece todos os anos, centenas de populares para aplaudirem os noivos de Santo António.

Pelas 16:40, os recém-casados irão desfilar de "tuk-tuk" da Rua da Prata até à Estufa Fria, um dos mais importantes espaços verdes da cidade, onde decorrerá pelas 17:20 o copo de água.

Momento alto das festas de Lisboa, a noite de Santo António, que antecipa o feriado de 13 de junho, traz às ruas da cidade não só lisboetas como também um grande número de visitantes para festejarem e participarem nos arraiais dos bairros tradicionais e assistirem ao desfile das marchas populares na Avenida da Liberdade.

Exclusivos