Matam homem só para roubar tabaco e TV

O pasteleiro Sebastião Fernandes, 60 anos, não resistiu às facadas e morreu. Os três assaltantes da Pastelaria Ovni também atacaram o seu patrão que sobreviveu. É mais um crime violento a atormentar a Margem Sul.

"Mataram uma pessoa e feriram outra para roubarem tabaco e uma televisão. Isto é uma selvajaria", afirma revoltado Arsénio Pinto de 55 anos, funcionário da pastelaria Ovni, na Avenida Bocage, no Barreiro, que foi ontem de madrugada alvo de um assalto violento, crime cada vez mais comum na Margem Sul.

Leia mais no e-paper do DN.

Exclusivos