Parque central vai ser interactivo

Junção de parques resulta na criação de um grande parque central, que custa 3,3 milhões de euros.

A Câmara da Amadora vai investir 3,353 milhões de euros para requalificar o Parque Central, juntando os parques da zona do lago com o parque da zona dos Polidesportivos.

Com 65 mil metros quadrados, este será o primeiro parque interactivo em Portugal. Terá um lago interactivo com o barco dos corsários, jangadas, gaivotas, pontes e nuvens de água pulverizada.

Serão instalados parques suspensos, as aranhas gigantes e o primeiro circuito de manutenção electrónico do País. O lago temático terá uma zona de restauração/livraria, onde se poderá ler, almoçar e ouvir concertos no palco. Haverá também um centro de saúde e bem-estar.

 

 

 

 

 

 


 

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG