Autores do carjacking a agente da PSP saem em liberdade

Dois dos três indivíduos envolvidos no roubo violento a um agente da PSP, na Baixa da Banheira, na Moita, foram presentes a tribunal mas saíram em liberdade, sendo a medida aplicada de apresentações aos sábados.

"O Ministério Público não pediu a prisão preventiva, apesar da moldura penal para este tipo de crime assim o contemplar. A medida aplicada pelo tribunal foi a apresentação dos dois indivíduos aos sábados até à resolução do processo", disse à Lusa fonte da PSP.

Um agente da PSP da Baixa da Banheira foi alvo de um roubo violento do carro (carjacking) poucos minutos depois de ter saído da esquadra, por parte de três indivíduos.

Os três assaltantes, com idades entre os 20 e os 30 anos, não usaram nenhuma arma, mas puxaram o agente para fora do carro, envolvendo-se num confronto físico.

Os três fugiram no carro mas foram surpreendidos pela polícia poucos minutos depois e encetaram a fuga a pé, deixando o carro no local. Um acabou por ser detido e outro apareceu na manhã seguinte na esquadra, dizendo que era irmão do detido, tendo sido identificado para comparecer em tribunal.

Ler mais

Exclusivos