Golfinho de 300 quilos em bronze roubado de madrugada

A escultura de um golfinho em bronze, que pesava à volta de 300 quilos e que há seis anos estava colocada junto à praia de Caxias, na Marginal, foi roubada na madrugada de ontem.

A obra, assinada por quatro artistas plásticos - Gustavo Fernandes, Vieira Baptista, Victor Lages e Magnus Monserrate - estaria avaliada entre 30 a 40 mil euros e encontrava-se colocada à entrada do restaurante/bar Baía dos Golfinhos desde 2006.

"Infelizmente, foi mais uma obra de arte que foi roubada. É sempre de lamentar, sobretudo quando é um trabalho nosso", disse ao DN Gustavo Fernandes, adiantando que "devem ter sido pelo menos cinco pessoas a levar a peça porque ela pesa à volta de 300 a 350 quilos".

O artista plático esteve hoje (terça-feira) no local e pensa que terá sido um trabalho de "força braçal" e sem uso de nenhum guindaste, porque as correntes de proteção não foram cortadas.

Tendo em conta que estamos a falar de uma peça toda ela feita em bronze e assinada, Gustavo estima que tenha um valor a rondar os 30 a 40 mil euros (contando com o pedestal, ou seja, a obra completa e não apenas o golfinho).

"Agora deverá ir ser vendido por um valor irrisório, mas para nós, que levámos um ano a trabalhar a peça, tem muito valor e é triste ver isto", conta Gustavo Fernandes que deu conta do roubo à Câmara Municipal de Oeiras, atual proprietária da obra.

O DN tentou contactar a autarquia, mas os seviços já estavam encerrados. A PSP de Oeiras disse que não podia fornecer qualquer informação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG