Funcionário ferido devido a tiro junto a pórtico incendiado

Um funcionário da Euroscut Algarve foi esta noite atingido pelos estilhaços do vidro do carro em que seguia, que foi atingido por um tiro. O homem estava no pórtico da zona da Guia que estava a arder.

As primeiras informações (cerca das 21h00), indicavam que o funcionário da empresa que gere e explora a Via Infante de Sagres (A22) deslocou-se ao local dos pórticos que começaram a arder esta noite, ao quilómetro 43, no sentido Algoz-Guia (Albufeira), e foi atingido "por um tiro de caçadeira".

No entanto, às 22h20, a SIC Notícias avançou que o homem sofreu ferimentos devido aos estilhaços do vidro do carro em que seguia, esse sim, atingido por um tiro. Ainda de acordo com a estação de TV, o homem dispensou a ambulância do INEM e permaneceu no local para prestar todos os esclarecimentos à PJ.

Os pórticos de cobrança de portagens na Via do Infante (A22), no sentido Algoz-Guia, começaram a arder esta noite.

Alertado às 20:09, o Comando Distrital de Operações de Socorros enviou para o local do incidente seis elementos e uma viatura.

Na madrugada de segunda-feira um outro pórtico de cobrança de portagens na A22, junto ao nó de Boliqueime, foi baleado e uma estrutura de apoio com meios informáticos incendiada.

O incidente ocorreu cerca das 02:40, quando várias câmaras de leitura instaladas no pórtico foram destruídas com recurso a arma de fogo, adiantou a mesma fonte, que disse desconhecer se os pórticos ficaram inutilizados e qual a dimensão dos estragos na estrutura de apoio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG