Detidos em flagrante delito por roubos violentos

A PSP deteve em flagrante delito de cinco indivíduos, quatro do sexo masculino e um do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 17 e os 47 anos, pelo crime de roubo.

Um grupo de amigos, que se encontrava no Largo Vitorino Damásio, em Lisboa, foi subitamente abordado por quatro indivíduos que lhes pediram as carteiras. Como as vítimas não se mostraram disponíveis para aceder àquele pedido, um dos jovens foi agredido na face com uma bofetada, sendo posteriormente revistado pelos suspeitos e ficando sem o dinheiro que tinha consigo.

Depois de as vítimas denunciarem a situação à PSP, os polícias da área acompanharam-nas até encontrarem os suspeitos no Largo de Santos, tendo sido estes reconhecidos pelos jovens assaltados de imediato.

Os detidos, com antecedentes criminais, foram presentes ao Tribunal de Turno para 1ª Interrogatório Judicial, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de Apresentações Periódicas na esquadra policial da área de residência.

Entretanto, na Praça D. Pedro IV, em Lisboa, foi detido em flagrante delito, um homem de 47 anos de idade pelo crime de roubo também com recurso à coação física.

A vítima, quando se encontrava no cruzamento entre o Largo Corpo Santo e a Calçada Ferragial, foi agredida com um murro na face por um suspeito, tendo, por isso, caído no solo. Nesse momento, o agora detido, aproveitando-se dessa situação, arrancou-lhe do pescoço um fio em ouro que o mesmo possuía, tendo abandonado o local logo de seguida.

Uma testemunha, ao presenciar a situação, deslocou-se a uma esquadra, sem nunca perder de vista o assaltante, informando os polícias daquilo que tinha visualizado e referindo que o suspeito se encontrava na Praça D. Pedro IV, onde o mesmo acabaria por ser intercetado ainda na posse do objeto roubado que foi restituído à vítima.

O detido, com antecedentes criminais, foi presente ao Tribunal de Turno para 1ª Interrogatório Judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de Apresentações Periódicas na esquadra policial da área de residência.

Ainda em Lisboa, mas na Av. Miguel Torga, na zona da Tapada das Mercês, a Divisão Policial de Sintra procedeu à detenção em flagrante delito de um homem de 18 anos pela tentativa do crime de roubo, através do método esticão. Uma mulher de 70 anos quando percorria a Av. Miguel Torga sentiu subitamente alguém a puxar-lhe uma pulseira de ouro que a mesma possuía.

De imediato, a mesma fechou o punho contrário sobre o seu pulso, conseguindo evitar que os dois suspeitos roubassem aquele objeto, carecendo de receber posterior tratamento médico no local devido à agressividade imposta pelos assaltantes. Um dos indivíduos foi intercetado pela polícia.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG