Curto-circuito na origem de incêndio em prédio lisboeta

O n.º 97 da Avenida Almirante Reis (Lisboa) esteve envolto em labaredas durante 20 minutos. As chamas concentraram-se nas águas furtadas e na cobertura de prédio. O fogo já foi extinto.

O incêndio, cuja origem se suspeita ter estado num curto-circuito, foi comunicado ao Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa pelas 13.53, tendo sido dado como extinto às 14.16. Não há feridos a registar.

Veja aqui um vídeo amador colocado no youtube

Ao DN, fonte dos bombeiros disse que "o prédio de cinco pisos foi de imediato evacuado, não havendo feridos a registar". No local, o DN confirmou que nas águas furtadas - o correpondente ao quarto andar e onde teve início o incêndio - mora uma idosa que, ao detetar fumo a sair do ar-condicionado da sala, abandonou o apartamento pelo próprio pé .

Ao que tudo indica, terá sido um curto-circuito no ar condicionado a estar na origem do incêndio neste prédio centenário.

Para o local deslocaram-se seis viaturas com 25 bombeiros, a Proteção Civil, a Polícia Municipal e a PSP.

O chefe dos bombeiros continua no local acompanhado por um piquete da EDP. "Penso que estarão a averiguar se há condições para restabelecer a ligação elétrica", informou a fonte do Regimento Sapadores Bombeiros.

Exclusivos