Costa realça necessidade de autocarros menos poluentes na Baixa

O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, realçou hoje a necessidade da Carris deslocar para a Baixa da cidade autocarros menos poluentes e disse estar em conversações com a empresa sobre a matéria.

António Costa falava no período antes da ordem do dia da reunião de câmara, quando confrontado por alguns vereadores a propósito das reclamações dos comerciantes da Rua do Arsenal e do proprietário do emblemático 'Café Martinho da Arcada', que admite fechar em Dezembro por causa dos prejuízos que as alterações de trânsito têm causado. "Sou sensível às reclamações e é importante a Carris deslocar para a Baixa autocarros menos poluentes. Neste momento a Carris converteu-se numa presença mais antipática do que automóvel", afirmou o autarca. António Costa disse ainda que a autarquia ia iniciar medições de ruído e poluição atmosférica na Rua do Arsenal. Em declarações recentes à imprensa, o secretário-geral da Carris afirmou que na Rua do Arsenal, junto á qual está instalada a esplanada do 'Martinho da Arcada', passam 140 autocarros por hora, nos períodos de maior tráfego. Antes das alterações ao trânsito, 60 desses autocarros já passavam perto do estabelecimento, mas na frente da Rua da Prata. Luís Vale admitia que o aumento dos autocarros que passam na Rua do Arsenal "foi significativo", mostrava-se disponível para trabalhar com a autarquia, mas garantia ser impossível substituir os autocarros por outros mais pequenos, menos poluentes e menos ruidosos, alegando que não permitiriam transportar o caudal de passageiros que viaja naquela zona da cidade. Para tentar evitar o encerramento em Dezembro, o proprietário do 'Martinho da Arcada', António Sousa, anunciou hoje que vai retomar em Setembro as tertúlias naquele espaço histórico de Lisboa. Em conferência de imprensa no café que foi frequentado por Fernando Pessoa, António Sousa reafirmou que o novo modelo de trânsito imposto pela Câmara Municipal de Lisboa está a afastar os clientes. O 'Café Martinho da Arcada', famoso por ter sido frequentado por Fernando Pessoa, foi inaugurado há 227 anos e é actualmente o mais antigo de Lisboa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG