Assunção Cristas inaugura circuito hidráulico

A ministra da Agricultura inaugura hoje um circuito hidráulico e um perímetro de rega do Alqueva, num investimento de 74,3 milhões de euros, que irão permitir regar cerca de 5.500 hectares em Vidigueira.

O circuito hidráulico e o perímetro de rega de Pedrógão, integrados no subsistema de Pedrógão, na margem direita do rio Guadiana, vão ser inaugurados por Assunção Cristas, numa cerimónia a partir das 10:00.

A cerimónia de inauguração vai decorrer nas estações elevatórias das redes primária e secundária de Pedrógão, junto à barragem de Pedrógão, no concelho de Vidigueira.

Após a inauguração, segue-se uma deslocação pelo perímetro de rega de Pedrógão e a abertura de um hidrante, ato que marcará a chegada da água para regar os campos abrangidos.

O circuito hidráulico custou 48,4 milhões de euros e foi cofinanciado em 60% pelo Programa Operacional de Valorização do Território (POVT) e o perímetro de rega custou 25,9 milhões de euros e foi cofinanciado em 75% pelo Programa de Desenvolvimento Rural (PRODER).

Segundo a Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA), na atual campanha de rega, Alqueva já tem infraestruturados 68 mil hectares de regadio, mais de metade dos 120 mil hectares previstos no projeto global, cuja conclusão deverá acontecer em 2015.

A EDIA tem em curso os procedimentos de adjudicação da construção de mais 20 mil hectares.

A conclusão do projeto Alqueva, inicialmente prevista para 2025, foi revista pelo anterior Governo PS para 2015 e, depois, antecipada para este ano, o que o atual Executivo PSD-CDS/PP já disse não ser possível.

Em abril de 2012, o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, assumiu o compromisso do Governo de concluir as obras em 2015.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG