Apreendidos mais de 7 mil quilos de ameijoa japonesa

O comando territorial de Lisboa da Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu na quarta-feira mais de 1.800 quilos de ameijoa japonesa, avaliada em 7.440 euros, que foram devolvidos ao Tejo, numa operação de fiscalização, anunciou hoje a instituição.

Em comunicado, a GNR informa que a operação de fiscalização teve como objectivo identificar e reprimir incumprimentos à legislação da pesca no distrito de Lisboa, sendo que "não foi possível identificar e/ou deter qualquer suspeito".

As autoridades apreenderam 1.860 quilos de ameijoa japonesa ('tapes semidecussatus'), que contém tóxinas que prejudicam a saúde pública. O pescado, cuja apanha é proibida no estuário do Tejo, foi depois devolvido ao rio na zona de Poço do Bispo, em Lisboa.

A operação, que decorreu entre as 13:00 e as 19:00 de quarta-feira, foi realizada pelo comando territorial de Lisboa da GNR em parceria com elementos da equipa de protecção da natureza e ambiente da GNR de Vila Franca de Xira.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG