Alfredo da Costa e Dona Estefânia geridos em conjunto

Os recursos dos hospitais do Centro Hospitalar Lisboa Central (CHLC), do Curry Cabral e da Maternidade Alfredo da Costa passam agora a ser geridos em conjunto, de acordo com a portaria hoje publicada em Diário da República.

O diploma, que entra em vigor quinta-feira, cria o Grupo Hospitalar do Centro de Lisboa (GHLC). O ministério da Saúde considera a medida "essencial" ao "bom funcionamento e organização do Serviço Nacional de Saúde".

"A necessidade deste acto decorre, aliás, da absoluta escassez de alguns grupos profissionais, nomeadamente nas áreas de obstetrícia e de neonatologia que obrigam à coordenação estreita entre as diversas instituições com relevo nestas valências de modo a evitar a rutura na prestação de cuidados de saúde", pode ler-se na portaria 172/2011.

De acordo com a portaria, a criação do GHCL "não implica qualquer despesa e encerra um grande potencial de ganhos em termos de gestão administrativa, aprovisionamento e gestão de recursos humanos". Apesar de os hospitais manterem os seus órgãos de administração, o novo grupo hospitalar estará sujeito a uma "coordenação comum" e a um regulamento interno, que será aprovado nos próximos 60 dias.

Exclusivos