SNS vai adoptar sistema de código para daltónicos

A utilização do sistema de identificação de cores para daltónicos nos serviços de urgência dos hospitais do SNS, hoje apresentado no Porto, será generalizada "ao longo de 2011", adiantou o secretário de estado da Saúde.

"Haverá uma atitude do Ministério da Saúde no sentido de promover a adopção deste processo em todos os hospitais em que temos triagem de Manchester. Ao longo de 2011 haverá um conjunto de iniciativas que generalizarão a utilização do ColorADD", afirmou Manuel Pizarro à Lusa, à margem de uma conferência que decorreu esta manhã no Governo Civil do Porto.

O ColorADD - sistema de identificação de cor para daltónicos desenvolvido com base nas cores primárias (azul, amarelo e magenta) --será aplicado naquele sistema de triagem que se baseia num código de cores, às quais será associado um símbolo gráfico.

O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, presente no evento, explicou que o projecto "tem importância em termos de princípio" na medida em que contribuirá para esbater "as diferenças entre os cidadãos". "Neste caso concreto trata-se de cumprir esse princípio em relação aos nossos concidadãos que têm dificuldade em distinguir as cores, que são um grupo mais numeroso do que o que se pensa e que atinge cerca de um em cada 10 homens", salientou.

O investimento, garantiu Pizarro, "será irrisório" na medida em que se traduz na impressão "de um símbolo gráfico onde já se imprime a cor". "É um projecto que depende sobretudo de uma atenção, boa vontade e abertura à inovação", referiu.

Exclusivos