Sindicato marca concentração contra "clima de intimidação"

O Sindicato dos Trabalhadores dos Serviços de Vigilância (STAD) marcou uma concentração na próxima semana contra o "clima de intimidação" que dizem existir na empresa Esegur e que terá motivado o despedimento de um delegado sindical.

Em declarações à Lusa, o dirigente Rui Tomé explicou que o processo disciplinar que levou ao despedimento de um delegado sindical na empresa de segurança privada foi uma decisão que surpreendeu o STAD, uma vez que, em Agosto, a empresa se havia comprometido a resolver a questão.

De acordo com o STAD, os relatos de "pressão" e "intimidação" multiplicaram-se na empresa nos últimos meses, levando o sindicato a convocar uma greve no mês de Agosto.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG