Seis reclusos suicidaram-se desde janeiro deste ano

Seis reclusos suicidaram-se nas prisões portuguesas desde o início deste ano até 20 de agosto, menos 10 casos do que os registados em 2012, segundo dados da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP).

De 1 de janeiro até 31 de dezembro de 2012, 16 presos colocaram termo à vida nos estabelecimentos prisionais do país.

No mesmo período, a DGRSP contabilizou 14 evasões, com 23 evadidos, estando ainda a monte presentemente quatro reclusos.

Até 20 de agosto, ocorreram quatro evasões, tendo os quatro presos evadidos sido todos recapturados.

A DGRSP não tem registo de qualquer motim nas prisões até ao presente.

No ano passado, não ocorreram quaisquer situações de alteração da normalidade nos estabelecimentos prisionais.

Apesar de inexistência de registo de rebelião entre presos este ano, a DGRSP contabiliza de 1 de janeiro a 1 de agosto um total de 16 agressões a guardas prisionais perpretadas por reclusos.

No mesmo período, os serviços prisionais não têm qualquer informação de apreensão de armas de fogos nos estabelecimentos prisionais, mas registam que foram confiscadas 32 armas brancas, das quais 20 eram de conceção artesanal.

Também desde o início do ano até ao primeiro dia deste mês, os guardas prisionais apreenderam quase seis quilogramas de droga: cinco de haxixe, 938,43 gramas de heroína e 90,77 gramas de cocaína.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG