#Saiprarua. Viana do Castelo sai para a rua para andar na roda gigante

Concerto dos Azeitonas abre iniciativa que vai percorrer sete cidades

A festa já começou e as crianças e jovens das três instituições de acolhimento de Viana do Castelo foram ontem as primeiras a estrear a roda-gigante que, até ao dia 24, vai animar o Jardim da Marina, junto ao rio Lima. O carrossel é a grande atração do #Saiprarua, que, até ao final do ano, vai percorrer, com a mesma fórmula de diversão, sete cidades do país, com o apoio dos respetivos municípios. E, à roda da roda, com 24 cabinas e 32 metros de altura, haverá todos os dias e noites animação para a toda a família. Música, humor, fitness, zona kids, street food e bares.

"Esperamos que esta iniciativa tenha a adesão total da população de Viana. Penso que vai ser um sucesso", declarou Paulo Lopes, diretor de eventos e merchandising do Global Media Group, responsável pela organização.

Paulo Lopes adianta a programação para sábado. "À noite teremos sempre música e também humor. Por exemplo, neste sábado, vamos ter aqui o nosso Jel da TSF. Tenho a certeza de que vai ser um divertimento pegado. A seguir teremos Tatanka. Terminamos com um dj, que vai animar isto até à meia-noite. Durante a manhã haverá cross fit".

Participaram na volta inaugural da roda os utentes do Lar de Santa Teresa, instituição que acolhe crianças e jovens do sexo feminino, da Casa dos Rapazes e do Berço, mais vocacionado para receber crianças de tenra idade em situação de risco ou abandono.

"Esta é a grande particularidade deste dia. Serem estes meninos e meninas os primeiros a experimentar a roda", declarou Carlota Borges, vereadora da Ação Social e da Juventude da Câmara de Viana, que também embarcou na primeira viagem.

"Dá para ver Viana vista de cima. Sem dúvida que fica numa zona privilegiada. Conseguimos ver o mar, o rio e a montanha, tudo o que Viana do Castelo tem de melhor", comentou. "Tenho a certeza de que será uma aposta ganha e que a população vai aderir em massa. Acho que vamos poder contar com uma multidão quase diária aqui no Jardim da Marina", sublinhou a vereadora, acrescentando que "um dos pontos positivos da iniciativa é que será para toda a família".

Às 19.00, a roda começou a girar e logo de seguida chegou a banda da noite, Os Azeitonas, para fazer o teste de som, no palco onde atuaram mais tarde.

Exclusivos

Premium

Contratos públicos

Empresa que contratava médicos para prisões não pagou e sumiu

O Estado adjudicou à Corevalue Healthcare Solutions, Lda. o recrutamento de médicos, enfermeiros, psicólogos e auxiliares para as prisões. A empresa recrutou, não pagou e está incontactável. Em Lisboa há mais de 30 profissionais nesta situação e 40 mil euros por pagar. A Direção dos Serviços Prisionais diz nada poder fazer.