Rúben foi atingido a tiro por um amigo quando brincavam

As duas crianças, de 12 e 9 anos, terão ido para casa do tio de um deles após as aulas, e aí terão encontrado a arma de 9mm, cuja origem já está a ser investigada pela PJ.

Era uma tarde como tantas outras. Rúben, de 9 anos, e João, de 12, saíram da escola e foram a caminho da casa do tio do mais novo. Faziam-no com frequência, depois de terminarem as aulas. Nada fazia supor que, no lugar das correrias e brincadeiras típicas dos miúdos desta idade, a tarde acabasse em desgraça. João disparou involuntariamente uma arma quando brincava com Rúben, atingindo-o na cabeça e deixamdo-o em estado grave. Rúben foi socorrido e assistido em primeiro lugar no Hospital de Braga, mas depois transferido para o Hospital de São João, no Porto, para a unidade de cuidados intensivos pediátricos para receber cuidados especiais de neurocirurgia. À hora de fecho da edição, o prognóstico era reservado.

Era habitual estarem juntos. Mas ontem, no meio da brincadeira, na casa do tio de Rúben, as duas crianças descobriram um revólver de 9 mm, que terão passado de mão em mão e apontando um ao outro, no quarto onde estariam a brincar. Pelas 16.00, João terá disparado a arma e Rúben foi atingido. Completamente em pânico e ao ver o amigo ferido, só conseguia dizer "foi sem querer, foi sem querer", contaram ao DN familiares.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Exclusivos

Premium

Liderança

Jill Ader: "As mulheres são mais propensas a minimizarem-se"

Jill Ader é a nova chairwoman da Egon Zehnder, a primeira mulher no cargo e a única numa grande empresa de busca de talentos e recursos. Tem, por isso, um ponto de vista extraordinário sobre o mundo - líderes, negócios, política e mulheres. Esteve em Portugal para um evento da companhia. E mostrou-o.