Rapper norte-americano acusa PSP de homofobia

Mykki Blanco, um rapper norte-americano, foi detido segunda-feira no aeroporto de Lisboa e acusa a PSP de ser "homofóbica". Polícia confirma a detenção e desmente artista, que terá insultado um agente da autoridade.

Mikky Blanco que atuou quarta-feira no galeria Zé dos Bois, em Lisboa, regressou aos Estados Unidos depois de ser presente ao Tribunal de Pequena Instância Criminal onde foi condenado a pagar 600 euros.

Para a PSP não estaria a respeitar a fila para táxi no aeroporto e terá insultado agente da PSP que o advertiu.

Rapper "cortou relações" com Portugal através da sua página de Facebook. No Instagram confirma injúria a agente depois deste o ter tratado como "bicha".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG