Quiosques eletrónicos instalados na fronteira para vender pré-pagos das antigas SCUT a estrangeiros

A Estradas de Portugal (EP) disponibiliza, a partir de hoje, quiosques electrónicos para aquisição de títulos pré-pagos das antigas SCUT para veículos de matrícula estrangeira, instalados em três localidades junto à fronteira com Espanha.

Fonte da empresa pública explicou à Agência Lusa tratar-se de "mais uma forma" de garantir o pagamento aos condutores estrangeiros e face ao alargamento da cobrança de portagens às restantes SCUT do país. Estes quiosques, instalados na via pública em Vila Nova de Cerveira, Vilar Formoso e Vila Real de Santo António, "já estão em funcionamento, 24 horas por dia" e encontram-se "perfeitamente identificados". "Permitem adquirir títulos pré-pagos através de um máquina de venda automática. Nestes postos está também afixada toda a informação sobre a introdução de portagens nas autoestradas, bem como a forma de aquisição dos referidos títulos", explicou a fonte.

Funcionam em localidades de fronteira com Espanha e que servem de acesso às antigas SCUT, onde a cobrança é feita por via eletrónica. É o caso por exemplo dos utentes estrangeiros que pretendam aceder ao aeroporto de Faro pela A22, desde Espanha, que contam com um destes pré-pagos, apenas para aquele percurso, à venda nestes quiosques. Além deste novo título, desde abril deste ano que são comercializados mais três, todos exclusivamente para serem utilizados em viaturas de matrícula estrangeira, nas três SCUT do Norte e que também já estão à venda nestes quiosques eletrónicos para as restantes vias.

É o caso do título válido por três dias, com o custo único de 20,62 euros para as classes 1, 2 e 5, e sem qualquer limite de utilizações, no período definido no momento da aquisição. Um outro título, para cinco dias, para as mesmas classes, custa 10,62 euros e funciona como uma espécie de carregamento. Nas datas definidas pelo utilizador, a cada passagem da viatura é descontado o valor do respetivo pórtico. Para responder às críticas dos utilizadores galegos, foi criado também, em abril, um pré-pago para permitir a viagem desde a fronteira até ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, pelas antigas SCUT.

Trata-se de um pré-pago válido para uma ou duas viagens "de ou para o aeroporto do Porto via A28 ou A41" e a "realizar nas datas contratadas", com o custo correspondente à respetiva viagem, à semelhança do que está agora disponível para o aeroporto de Faro. Segundo a EP, estes títulos podem ainda ser adquiridos nas áreas de serviço de Olhão (A22), Abrantes (A23), Celorico da Beira (A25), Vila do Conde e Viana do Castelo (A28). As vias que passam a ter portagens a partir de hoje são a A22, que integra a concessão do Algarve, a A23 (entre o nó com a A1 e o nó de Abrantes, que integra a concessão da Estradas de Portugal e no restante a concessão da Beira Interior), a A24, integrada na concessão do Interior Norte, e a A25, que integra a concessão da Beira Litoral/Beira Alta.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG