Queixa contra presidente do sindicato do MP decidida dia 19

O ex-primeiro ministro fez uma queixa crime contra o presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP), António Ventinhas

O Conselho Superior do Ministério Público vai decidir na terça-feira, dia 19 de janeiro, o que vai fazer quanto à queixa que José Sócrates entregou relativamente às declarações de António Ventinhas, presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP). A data será a da realização da próxima sessão do Conselho Superior do Ministério Público (CSMP).

"Por despacho de 29 de dezembro de 2015, foi determinado agendar a apreciação da matéria objeto da queixa para a próxima sessão plenária do CSMP, que terá lugar no próximo dia 19 de janeiro", justificou em comunicado a Procuradoria-Geral da República.

O ex-primeiro-ministro José Sócrates solicitou aos membros do Conselho Superior do Ministério Público que adotem os procedimentos disciplinares adequados à reparação das ofensas que diz terem sido feitas pelo presidente do Sindicato dos Magistrados do MP.

A participação de Sócrates reporta-se às declarações feitas por António Ventinhas à Lusa, TVI e Público, a 15 de dezembro, em que o presidente do SMMP afirmou que "o principal responsável pela existência" do processo Operação Marquês chama-se José Sócrates, "porque se não tivesse praticado os factos ilícitos, este processo não teria acontecido".

José Sócrates está indiciado por corrupção, branqueamento de capitais e fraude fiscal no âmbito da Operação Marquês.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG