Quatro presos suicidaram-se nas cadeias

Os últimos dois casos aconteceram na prisão de Paços de Ferreira, um a 19 de maio e outro na última segunda-feira

O último suicídio, por enforcamento, que aconteceu na cadeia de Paços de Ferreira, no norte do país, fez elevar para quatro o número de presos que puseram termo à própria vida este ano, segundo dados estatísticos avançados ao DN pela Direção Geral da Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP).

Na segunda-feira, 16 de junho, um recluso de 38 anos, que estava condenado a uma pena de 8 anos por crimes de roubo, enforcou-se na própria cela. O preso foi encontrado por guardas. Segundo a DGRSP, foi chamado o INEM e a médica confirmou o óbito.

Antes deste caso, a 19 de maio, acontecera outro suicídio também na cadeia de Paços de Ferreira. Dessa vez foi um recluso de 34 anos, condenado a 1 ano e 9 meses pelos crimes de furto qualificado e de falsidade de depoimento e de declarações. Segundo a Direção Geral, o preso também foi encontrado na cela e foi chamada a médica de serviço ao estabelecimento prisional. Segundo soube o DN, também esta morte foi por enforcamento.

Entre 1 de janeiro e 18 de junho foram então quatro as mortes por suicídio no sistema prisional, refere a DGRSP, metade dos casos na cadeia de Paços de Ferreira. Em 2013 registaram-se 13 suicídios, em 2012 foram 16 e em 2011 aconteceram 8.

Exclusivos

Premium

Livro

Antes delas... ninguém: mulheres que desafiaram o domínio masculino

As Primeiras - Pioneiras Portuguesas num Mundo de Homens é o livro com as biografias de 59 mulheres que se atreveram a entrar nas profissões só de homens. O DN desvenda-lhe aqui oito dessas histórias, da barrista Rosa Ramalho à calceteira Lurdes Baptista ou às 'Seis Marias' enfermeiras-paraqueditas, entre outras