PSD quer esclarecimentos do Governo ainda hoje sobre "derrapagem" do défice de 2010

O PSD quer que o Governo preste esclarecimentos ainda hoje, se possível ainda esta manhã, sobre o valor do défice de 2010 e "os motivos da derrapagem orçamental" que o fez aumentar.

"Eu daqui lançaria o repto ao Governo que pudesse o mais rapidamente possível, de preferência ainda hoje, de preferência ainda da parte da manhã, vir esclarecer os portugueses, as instâncias europeias, enfim, toda a comunidade internacional sobre qual é o verdadeiro valor défice de 2010", declarou o deputado e vice-presidente do grupo parlamentar do PSD Miguel Frasquilho aos jornalistas, no Parlamento.

Em reação a uma notícia de hoje do Diário Económico intitulada "Bruxelas questiona contas públicas de 2010", Miguel Frasquilho acrescentou: "É bom que o Governo venha esclarecer quais são os motivos da derrapagem orçamental, que identifique claramente esses motivos, se é o buraco do BPN, se são indemnizações compensatórias e outros subsídios que são atribuídos às empresas públicas, como o Eurostat parece ter vindo questionar".

O antigo secretário de Estado do Tesouro e Finanças referiu que "já tinha havido uma derrapagem evidente nas contas iniciais" de 2010, "tanto que foi necessário introduzir o fundo de pensões da Portugal Telecom (PT) nas contas públicas para que o objetivo oficial fosse cumprido".

"E agora sabemos que há outros factores que podem ter perturbado o valor final do défice de 2010, que pode, segundo notícias vindas hoje a público, situar-se à volta de 8 por cento, talvez até um pouco acima", completou. Estes dados são "extremamente preocupantes", considerou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG