PSD acusa relatora da comissão de tentar proteger Constâncio

O deputado do PSD Miguel Macedo acusou hoje a deputada socialista Sónia Sanfona, relatora da comissão de inquérito ao caso BPN, de querer "proteger o governador do Banco de Portugal".

"A relatora Sónia Sanfona, e também o PS, quis proteger o governador do Banco de Portugal", disse Miguel Macedo, acrescentando que o PS procura acolher "no seu regaço" Vítor Constâncio.

"Só se consegue restabelecer a confiança nos mercados financeiros com a verdade e este relatório é muito limitado", reforçou Miguel Macedo.

Entre as principais críticas apontadas às conclusões do relatório está a decisão de nacionalização sem levar em conta o Plano BPN23x08, apresentado por Miguel Cadilhe, que segundo o PSD "poderia ter sido uma alternativa à nacionalização".

"Para o PS nunca há outra solução", considerou Miguel Macedo, acrescentando que "a nacionalização não era a única solução possível".

Também o papel do Banco de Portugal foi questionado pelo deputado social-democrata, que frisou que "não estão reflectidos" no relatório final um conjunto de factos relacionados com a supervisão.

Entre eles, destacou a relação "ou falta dela" entre o Banco de Portugal e a Procuradoria-Geral da República, a questão do Banco Insular e o facto de o Banco de Portugal "nunca ter chamado nenhum ex-administrador do BPN".

DN/NM

Lusa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG