PS quer explicações do ministro das Finanças no Parlamento

O PS vai chamar ao Parlamento o ministro das Finanças, Vítor Gaspar, para prestar esclarecimentos sobre a antecipação do aumento do IVA do gás e da electricidade, medida que "agravará as condições de vida das famílias".

Em declarações à Agência Lusa, a deputada do PS Sónia Fertuzinhos anunciou que vai requerer a audição urgente de Vítor Gaspar, considerando que as medidas anunciadas pelo ministro "são medidas gravosas e têm que ser devidamente explicadas ao país".

A deputada sublinhou que tem havido "uma sucessiva tomada de medidas que incidem pelo lado do aumento da receita e, portanto, pelo agravamento das condições de vida das famílias".

O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, afirmou hoje que o aumento do IVA sobre a eletricidade e gás natural será antecipado de 2012 para o último trimestre deste ano, prevendo-se uma receita na ordem dos 100 milhões de euros.

Sónia Fertuzinhos disse que o PS "está comprometido com os objetivos fixados no memorando da troika", mas frisou que esta medida só deveria entrar em vigor a partir de janeiro de 2012.

"Não estava previsto que fosse já a partir de agora e portanto consideramos que tem que haver uma explicação muito clara", justificou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG