Preventiva para gangue que assaltava centros comerciais

Cinco assaltantes de centros comerciais em todo o país roubavam vestuário, jogos e aparelhos electrónicos e enviavam para Cabo Verde

No passado dia 14 de maio, a PSP deteve os cinco arguidos pela prática de furto qualificado, com violência e detenção de armas proibidas. O tribunal decidiu-se pela prisão preventiva para todos os arguidos.

O gangue praticava os assaltos em centros comerciais de Lisboa, Loures, Seixal, Mem Martins, Setúbal, Barreiro, Gondomar, Vila Nova de Gaia, Coimbra, Oeiras e Santa Maria da Feira. Em algumas situações foram detidos em flagrante delito pelos respectivos seguranças dos espaços comerciais, reagiando violentamente e tendo conseguido escapado às autoridades.

Os crimes ocorreram entre Outubro de 2013 e Março de 2014. Nas buscas efectuadas foram apreendidos jogos, peças de vestuário e aparelhos electrónicos,enviados para Cabo Verde, "onde seriam transaccionados como se tivessem proveniência lícita de acordo com os indícios recolhidos", segundo explica a procuradoria-geral Distrital de Lisboa.

Foi ainda apreendido um martelo, um alicate e uma chave de fendas e outras ferramentas utilizadas para retirar os alarmes dos produtos furtados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG