Portugueses têm menos filhos do que desejam

Em média as pessoas tem 1,03 filhos, pensam vir a ter no máximo 1,77, mas desejariam ter 2,31.Os números fazem parte dos primeiros resultados do Inquérito à Fecundidade 2013, apresentados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) e pela Fundação Francisco Manuel dos Santos.

Maioria dos portugueses que não tem filhos tem menos de 30 anos. Embora seja neste grupo etário que é mais elevada a proporção dos que pensam vir a ter dois ou mais filhos.

Os custos financeiros são o motivo mais apontado para não ter filhos, revelam ainda os resultados. Por isso, aumentar o rendimento das famílias com filhos foi a medida considerada mais importante para o incentivo à natalidade.

Ainda assim, a maioria dos inquiridos confessa que não quer mais de dois filhos.

O Inquérito à Fecundidade 2013 pretendeu responder a questões como "Quais os padrões atuais de fecundidade em Portugal?" e "Quantos filhos têm, quantos filhos esperam ter e quantos filhos desejam as mulheres e os homens?".As entrevistas decorreram em todo o País, junto de mulheres entre os 18 e os 49 anos e homens entre 18 e os 54 anos.

Exclusivos