Portugal quer resposta iraquiana sobre levantamento da imunidade até final da próxima semana

Ministério dos Negócios Estrangeiros informou que recebeu delegação iraquiana nos dias 10 e 11 e que o caso de Ponte de Sor foi tratado. E quer ter resposta em breve do Iraque

O Ministério dos Negócios Estrangeiros informou que recebeu, nos dias 10 e 11 de outubro, uma delegação iraquiana para a realização de consultas entre os dois países. Segundo o comunicado, na sequência do pedido de levantamento da imunidade diplomática resultante do inquérito aos incidentes ocorridos em Ponte de Sor no passado mês de agosto e da reunião havida em Nova Iorque entre os Ministros dos Negócios Estrangeiros dos dois países, foi igualmente tratada esta questão.

"A parte portuguesa entende que a resposta formal terá de ser enviada até final da próxima semana". Ou seja, que o Estado iraquiano terá de responder nesse prazo sobre o pedido de levantamento da imunidade diplomática aos dois filhos do embaixador iraquiano em Lisboa, que confessaram em entrevista à SIC ter agredido violentamente o jovem Ruben Cavaco, de 16 anos, em Ponte de Sor, no dia 17 de agosto. Só depois desse passo os dois jovens de 17 anos podem ser constituídos arguidos pelo Ministério Público.

O MNE recorda que as autoridades iraquianas já receberam, na reunião de Nova Iorque, "toda a informação solicitada sobre o quadro jurídico aplicável e comprometeram-se a responder formalmente ao nosso pedido nos próximos dias".

.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG