Portugal deixa 2º posto da NATO em Oeiras

O tenente-general José Pinheiro (Força Aérea) deixou ontem o cargo de segundo-comandante do quartel-general da NATO em Oeiras (JLC, sigla em inglês), sendo substituído pelo general espanhol Manuel Mestre (Exército).  

Segundo informação do JLC, o contra-almirante português Pires da Cunha (Armada) assumiu funções como chefe do Estado-Maior, o terceiro posto mais importante da estrutura desse quartel-general aliado.
Pires da Cunha substituiu o espanhol Manuel Mestre.
Estas movimentações resultam do acordo a que os países aliados chegaram em 2009, no âmbito da reestruturação interna da NATO, sobre a organização e preenchimento de cargos nos comandos operacionais pelas diferentes capitais.
O comando de Oeiras, que está no segundo patamar da estrutura operacional da NATO e ao mesmo nível dos comandos de Nápoles (Itália) e Brunsssum (Holanda), assumiu também novas responsabilidades, entre as quais a chefia da missão contra a pirataria nos mares da Somália (Operação "Escudo Oceânico").

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG