Polícia que matou ex-namorada suicidou-se

Foi encontrado ao início da tarde deste domingo um cadáver em Fradelos (Albergaria a Velha) que é o do agente da PSP que matou a ex-namorada ontem em Branca.

De acordo com as informações recolhidas o alerta para o aparecimento do cadáver foi dado pelas 14.00 e o homem tinha ferimentos de arma de fogo. Suspeita-se que se tenha suicidado com a própria arma com que matou a ex-namorada de 38 anos na noite de sábado, em Branca, Albergaria a Velha, disparando dois tiros que lhe atingiram o rosto.

O corpo do agente da PSP Carlos Junqueira, de 41 anos, foi encontrado sem vida no interior do seu próprio carro, tendo sido removido para o Instituto Nacional de Medicina Legal.

O polícia estava de baixa psicológica há algum tempo, pelo que lhe tinha sido retirada a arma de serviço.

A Polícia Judiciária, que já procurava o autor dos disparos que mataram a mulher na tarde de sábado, tomou conta da investigação.

Exclusivos