Pensões milionárias não irão além dos 7 salários mínimos

Governo quer que ordenados acima de 3400 euros passem a descontar para alternativas fora da esfera do Estado.

O Executivo está a preparar um limite para as contribuições para o sistema público de Segurança Social que será fixado entre os cinco e os sete salários mínimos. Isto é, 2425 e 3395 euros.

Este "plafonamento" será aplicado inicialmente apenas aos trabalhadores mais jovens e será fixado em função da idade.

Ontem concluiu-se o debate sobre o Programa do Governo e ficou a saber-se que o Executivo vai acelerar a definição do modelo de aplicação do imposto extraordinário sobre o subsídio de Natal.

Leia mais no e-paper do DN.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG