Pedro Martins Mendes presidente da Parque Escolar

O Governo aprovou hoje a nomeação de Pedro Martins Mendes para presidente do conselho de administração da Parque Escolar e de Luís Flores de Carvalho para vogal da empresa.

Segundo anunciou o ministro da Educação, Nuno Crato, Carla Ramos Ferreira, que tinha sido nomeada pelo atual Governo em dezembro para exercer o cargo de vogal, irá manter-se do cargo.

"O Conselho de Administração irá gerir a empresa de acordo com as orientações do Governo e dará continuidade às obras em curso, cumprindo as necessárias medidas de contenção orçamental", afirmou o ministro da Educação, durante a conferência de imprensa realizada no final da reunião semanal do conselho de ministros.

Segundo Nuno Crato, no prazo de dois meses o novo conselho de administração deverá "apresentar um relatório da situação da empresa e uma proposta de medidas imediatas necessárias, tendo em conta as recomendações formuladas pela Inspeção Geral de Finanças".

O ministro da Educação reiterou que a Parque Escolar foi responsável por "gastos muito elevados" que endividam o país, rejeitando as acusações do PS de "semear a calúnia" em relação àquela empresa.

"Não estamos a falar de dois ou três milhões de euros, nós estamos a falar de um endividamento muito grande da ordem de milhares de milhões de euros. Os custos globais da Parque Escolar são custos dessa ordem de grandeza", afirmou Nuno Crato.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG