PCP volta a propor audição do diretor do SIS no parlamento

Deputado do PCP, António Filipe, mantém a convicção da "necessidade" da audição a Horácio Pinto.

O deputado do PCP António Filipe anunciou hoje que vai voltar a apresentar o requerimento para ouvir na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais o diretor dos Serviços de Informações de Segurança (SIS), Horácio Pinto.

"Estamos a falar de atos realizados pelo próprio diretor do SIS por decisão sua e entendemos que se impõe que o próprio seja ouvido na primeira comissão", justificou António Filipe, no final de uma audição ao secretário-geral do Sistema de Informações da República Portuguesa (SIRP), Júlio Pereira, que decorreu à porta fechada.

O deputado disse que a reunião de hoje decorreu sob condições de confidencialidade e que por essa razão não poderá pronunciar-se sobre o conteúdo da audição, reafirmando apenas que mantém a convicção da "necessidade" da audição a Horácio Pinto e que apresentará um novo requerimento na próxima reunião da comissão parlamentar.

O PCP já tinha proposto a audição ao diretor do SIS, requerimento que foi rejeitado por maioria numa reunião anterior da comissão de Assuntos Constitucionais.

Horácio Pinto esteve pessoalmente envolvido numa operação de "limpeza eletrónica" no caso em que agentes do SIS foram observados pela Polícia Judiciária no gabinete doo presidente do Instituto de Registos e Notariado - preso preventivamente no caso 'vistos gold'.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG