Pastor homicida ficou em prisão preventiva

O homem suspeito de ter esfaqueado duas mulheres, tendo assassinado uma delas, ficou hoje em prisão preventiva

Um dia depois de se ter entregue às autoridades, o pastor Ismael Vicente foi esta manhã ouvido em tribunal, tendo-lhe sido decretada a prisão preventiva. O homem é suspeito de ter esfaqueado duas mulheres, tendo morto uma delas, há duas semanas, perto de Carrazeda de Ansiães.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG