PAN manifesta-se contra as touradas

Partido pelos Animais e pela Natureza contesta "eventos bárbaros e inadaptados à época em que vivemos". PSP impediu contacto entre manifestantes e aficionados das touradas.

Dezenas de apoiantes do Partido pelos Animais e pela Natureza (PAN) manifestaram-se na noite deste sábado, em Setúbal, contra as touradas, numa ação de protesto contra o que dizem ser "eventos bárbaros e inadaptados à época em que vivemos".

"O nosso objetivo era provocar ruído e incomodar as pessoas que gostam de touradas", disse à Lusa a presidente do PAN/Almada, Célia Feijão, que organizou o protesto junto à renovada Praça de Touros Carlos Relvas, onde se realizou a 1.ª Grande Corrida Limpersado, empresa de limpezas industriais e urbanas.

"Fizemos muito ruído e gritámos palavras de ordem contra as touradas, recebendo em troca muitos insultos dos aficionados", acrescentou Célia Feijão, salientando que "só não houve incidentes graças ao trabalho realizado pela PSP, que nunca permitiu que houvesse contacto entre os manifestantes e os aficionados das touradas".

O PAN de Almada critica o apoio atribuído este ano pela Câmara Municipal e Setúbal à reabilitação da Praça de Touros Carlos Relvas, defendendo que as verbas em causa - 120 mil euros ao longo de seis anos - deveriam ter sido canalizadas para iniciativas de solidariedade social.

A Praça de Touros Carlos Relvas tinha sido encerrada em 2008 pela Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC), devido à falta de condições de segurança e acessibilidade.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG