09 abril 2015 às 19h13

Pai do bebé esfaqueado mortalmente é ouvido esta sexta-feira

Ministério Público pede prisão preventiva. Suspeito arrisca pena máxima prevista na lei penal: 25 anos de cadeia.