Pagar em escudos por um dia

A loja Portugal&Copimática quer recuperar os escudos no dia 1 de dezembro. Não há qualquer ideia política, o que se pretende é recordar a antiga moeda nacional e mostrá-la aos mais novos.

Pode já não ser feriado, mas na Portugal&Copimática o dia da Independência, 1 de dezembro, será celebrado com o regresso do escudo. O euro chegou a Portugal a 1 de janeiro de 1999, mas caso alguém tenha guardado algumas notas ou moedas da moeda antiga, tem agora a oportunidade de fazer uma última compra.

A Portugal&Copimática diz ser a loja mais portuguesa de Portugal e por isso mesmo quis juntar a esse conceito um "hino ao escudo", como explicou ao DN Rui Salvada. O diretor geral salientou que o conceito da loja "mistura a área tecnológica [cópias, impressões e não só] com o gourmet de artigos portugueses". Na loja é possível ainda encontrar vestuário, acessórios de moda, produtos em cortiça, cosmética e até compotas e chás.

Rui Salvada afasta-se de qualquer questão política de regressar ao escudo. "A ideia é para dinamizar o espaço. Se alguém quiser trocar os escudos, tem essa possibilidade", garantiu. O troco e as faturas serão em euros. O diretor geral disse ainda que também é uma "brincadeira gira para mostrar às crianças o que era o escudo".

Quem gastar mais de seis mil escudos ou 30 euros recebe ainda um pack especial dia da Independência Nacional: um texto explicativo dos símbolos da Bandeira Nacional; a Letra do Hino Nacional; uma Régua estampada com todos os Chefes de Estado de Portugal desde D. Afonso Henriques; uma Régua estampada com os Grandes Vultos da História de Portugal e um Poema "O Mostrengo" de Fernando Pessoa.

A primeira loja Portugal&Copimática surgiu há 26 anos, na altura apenas como Copimática. Atualmente conta com oito lojas nos centros comerciais Oeiras Parque, Palmeiras, LoureShopping, Continente de Loures, Continente da Amadora, Alegro, Seixal Shopping e Fórum Sintra.

Exclusivos