Os sonhos de Sócrates em Trás-os-Montes

Na iniciativa Governo Presente, o primeiro-ministro disse querer estar dentro de cinco anos na inauguração da barragem Foz Tua, onde ontem lançou a primeira pedra.

No acto, Sócrates disse que a construção da barragem trará para a região mais desenvolvimento e postos de trabalho. À tarde abriu uma escola que disse ser aquela com que sempre sonhou. Mas o primeiro-ministro não se livrou de forte contestação por onde passou. Visitas prosseguem hoje.

Leia mais pormenores no e-paper do DN.

Exclusivos