Ordem dos Farmacêuticos promete actuar

A Ordem dos Farmacêuticos promete actuar disciplinarmente se existirem farmacêuticos envolvidos no caso de alegada fraude com medicamentos, mas lembrou que desde 2007 que a propriedade deste tipo de estabelecimento não é exclusivamente destes profissionais.

 

O bastonário dos Farmacêuticos, Carlos Maurício, disse à Lusa que "se houver farmacêuticos envolvidos" nesta fraude, a Ordem promete actuar "através de um plano disciplinar que pode ir de uma mera advertência até uma suspensão, até 15 anos, do exercício da profissão"

O bastonário congratulou-se com a investigação em curso -- que conduziu já à detenção de oito pessoas e sublinhou que, havendo suspeitas, estas "devem ser averiguadas até às últimas consequências".

"Uma vez que a ministra da Saúde já tinha falado" sobre este tipo de suspeitas, "urgia clarificar" a situação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG