O Presidente e a Rainha. Que protocolo tem Marcelo de cumprir?

Um abraço parece estar fora de questão, mesmo para o Presidente "dos afetos", mas as regras não são rígidas como antigamente

O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa vai hoje encontrar-se com a Rainha de Inglaterra, Isabel II, no Palácio de Buckingham, em Londres. Mas quais são as regras de protocolo quando se conhece um membro da família real britânica?

Segundo a página oficial da família real britânica, não há "códigos de comportamento obrigatórios", mas muitos pessoas observam as formas tradicionais. Ou seja, para os homens uma pequena inclinação da cabeça e para as mulheres uma pequena vénia. É permitido, no entanto, optar por um simples aperto de mão.

Na apresentação à rainha, a forma correta que deve ser utilizada é "Your Majesty" (Vossa Majestade) na primeira vez e "Ma'am" (uma forma abreviada de madam) nas seguintes - uma palavra que deve ser pronunciada com o mesmo som de jam (de compota).

Já agora, para os príncipes a forma correta é "Your Royal Highness" (Vossa Alteza Real) e depois "sir".

Outra parte importante é manter as distâncias. O pequeno abraço de Michelle Obama à rainha Isabel II em 2009 foi amplamente noticiado como uma quebra de protocolo e, apesar de não ser proibido tocar na rainha, não é habitual haver mais do que um aperto de mão. Tudo o resto, arrisca-se a cair na categoria das gafes e dos momentos embaraçosos.

Mas a própria rainha não está imune a gafes, tendo sido apanhada pelas câmaras, este ano, a dizer que a delegação chinesa que acompanhou o presidente Xi Jinping na visita oficial ao Reino Unido foi "muito rude".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG