Novas buscas em operação relacionada com pornografia infantil

A PJ e o Ministério Público estão a realizar novas buscas em todo o país

Polícia Judiciária efetuou hoje buscas domiciliárias a nove suspeitos de pornografia de menores, na área da Grande Lisboa e no Porto, segundo a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

Na operação de combate à pornografia de menores através da internet, denominada 'Daylight', foram realizadas nove buscas domiciliárias, num inquérito que começou com uma comunicação da Europol.

A PGDL informa que "existem indícios de que os suspeitos, residentes nas áreas da grande Lisboa e do Porto, guardam em computadores e/ou outros dispositivos de armazenamento de dados, ficheiros contendo imagens de abusos sexuais de crianças, os quais partilham na internet".

O inquérito é dirigido pela 2ª secção do Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa, em coadjuvação com a PJ.

Na terça-feira passada, também realizou uma operação de combate à pornografia infantil e acesso ilegítimo e fez buscas a grande Lisboa e zonas limítrofes.

A operação policial também teve por base uma troca de informações com polícias de outros países, através da Europol.

Já no dia 7, há precisamente uma semana, haviam decorrido buscas na zona da Grande Lisboa, das quais havia resultado a constituição de dois arguidos. Na base da operação, que teve por base uma troca de informações com polícias de outros países, através da Europol, esteve o combate à partilha de ficheiros de pornografia com crianças na internet.

Exclusivos