Vítimas fora da composição quando socorro chegou

O comandante dos bombeiros do Marco de Canaveses disse à Lusa que as vítimas do descarrilamento, ocorrido hoje de madrugada na Linha do Douro, já se encontravam no exterior da composição quando chegaram os meios de socorro.

"As vítimas estavam todas no exterior. Uma foi projetada para fora da composição", contou Sérgio Silva, no local do descarrilamento, entre as estações do Juncal e do Marco de Canaveses.

O comandante disse que o alarme foi dado às 5:45.

"Quando chegámos aqui deparámos com uma situação de desabamento de terras, que arrastou duas ou três árvores, impedindo a passagem na via férrea".

Sérgio Silva acrescentou que os quatro ocupantes da máquina de manutenção que descarrilou, todos funcionários da Refer, apresentavam ferimentos.

"O descarrilamento causou quatro feridos, sendo um deles aparentemente grave, mas sem risco de vida", explicou, acrescentando que este tipo de acidentes é raro.

No local, constatava-se esta manhã uma grande quantidade de terra e outros detritos que terão resvalado devido à chuva intensa que caiu durante a noite. Meios da Refer encontravam-se no local.

A circulação ferroviária na Linha do Douro, na zona do Marco de Canaveses, deverá manter-se interrompida por mais "algumas horas", estando a CP a proceder ao transbordo rodoviário de passageiros na zona onde ocorreu um acidente.

A porta-voz da CP, Ana Portela, disse à Lusa que a circulação entre Porto e Régua e vice-versa está a decorrer, mas, na zona do acidente, ou seja entre o Marco de Canaveses e o Juncal, está a ser feiro o transbordo rodoviário de passageiros.

Contactada pela Lusa, a porta-voz da Refer, Susana Abrantes, disse que a circulação se mantenha interrompida naquela zona por mais algumas horas.

"É preciso proceder ao 'carrilamento' da máquina acidentada. O comboio de socorro foi acionado de imediato, mas é preciso tempo para chegar ao local. Depois, há ainda que repor a máquina na linha, o que demorará algumas horas", sustentou.

Em relação aos feridos, Susana Abrantes disse que os funcionários sofreram ferimentos ligeiros, mas um terá sofrido "uma fratura nos membros superiores".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG