Resíduos depositados em S. Pedro da Cova são perigosos

As 88 mil toneladas de resíduos da extinta Siderurgia Nacional depositadas nas antigas minas de S. Pedro da Cova, Gondomar, são perigosas, concluiu um estudo do Laboratório de Engenharia Civil (LNEC) apresentado hoje, quinta-feira.

Considerando "a elevada perigosidade" dos resíduos, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte determinou a "remoção integral dos depósitos em causa", "a comunicação imediata dos resultados e conclusões às autoridades" e "a monitorização ambiental das águas subterrâneas".

"Faremos todos os esforços para que a remoção ocorra até ao inverno", afirmou o vice-presidente da CCDR/N, Paulo Gomes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG