Proibido de sair de casa após golpear mulher com faca

Um homem de 37 anos está indiciado pela autoria de golpear com uma faca de cozinha a esposa, que teve de receber tratamento hospitalar, informou a GNR, após a sua detenção em Monção.

Segundo fonte da GNR de Viana do Castelo, a detenção aconteceu na terça-feira à tarde, "na sequência de discussão tida na vila de Monção entre o detido e a sua esposa", de 28 anos, e da qual "resultaram agressões com uma faca de cozinha e vários ferimentos no pescoço da vítima". A mulher foi assistida inicialmente nas urgências de Monção e transferida depois para o Hospital de Viana do Castelo, mas não correrá risco de vida.

A GNR acrescentou que desde finais do mês passado que tem em curso, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), um inquérito "em que é [o homem] denunciado da prática do crime de violência doméstica". Sob ordem do Ministério Público no Tribunal de Monção, militares do destacamento de Valença procederam, ainda na terça-feira, à detenção do homem, que hoje foi presente ao juiz de instrução para primeiro interrogatório judicial, tendo sido fixada a "obrigatoriedade de permanecer na residência".

Esta medida de coação difere da prisão domiciliária, explicou fonte da GNR, já que não recorre a dispositivo electrónico de controlo. No entanto, o tribunal deixou em aberto a possibilidade de vir a agravar essa decisão em caso de incumprimento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG