PJ detém 2 dois suspeitos de terem roubado ourivesarias

A Polícia Judiciária de Aveiro anunciou hoje que deteve dois elementos de um grupo que presumivelmente se dedicava à prática de roubos à mão armada a ourivesarias.

Os dois elementos realizavam ainda roubos a automóveis e furtos a estabelecimentos comerciais, anunciou hoje aquela força policial. As detenções foram feitas na terça-feira e, segundo a PJ, são "o culminar de uma investigação onde já tinham sido detidos outros três elementos do grupo, numa acção semelhante, em Dezembro passado". Na altura, foram recuperados alguns dos objectos roubados e furtados, tendo sido possível identificar e constituir arguido o receptador da maior parte dos bens subtraídos.

Os indivíduos agora detidos, com 31 e 35 anos, são os presumíveis autores de roubos a ourivesarias ocorridos em Aveiro e na Pampilhosa no final de 2010, bem como de diversos roubos de viaturas automóveis e ainda de furtos em lojas de bicicletas de gama alta, estabelecimentos de produtos electrónicos e similares.

Durante a operação, a PJ apreendeu duas viaturas automóveis utilizadas na preparação dos crimes e fugas subsequentes. De acordo com a Polícia, dos cinco elementos do grupo que estão detidos, apenas um não tem antecedentes por crimes violentos e contra o património. Os detidos serão presentes às autoridades judiciárias da Comarca do Baixo Vouga para lhes serem aplicadas as adequadas medidas de coação. Dois dos três elementos do grupo anteriormente detidos, encontram-se em prisão preventiva.

Exclusivos