Pedidos 7 anos de prisão para Afonso Dias

O Ministério Público pediu uma pena de prisão superior a seis ou sete para Afonso Dias (foto), que está acusado do crime de rapto agravado de Rui Pedro.

Na sessão da manhã desta sexta-feira no Tribunal de Lousada, a procuradora do Ministério Público, Elina Cardoso, considerou que o arguido, que está acusado de rapto de Rui Pedro a 4 de março de 1998, "não ter dado um único sinal de arrependimento, tendo, até, demonstrado desprezo pela família". Reconhecendo que o facto de Afonso Dias ter estado em silêncio durante todo o julgamento não pode "servir como benefício nem como prejuízo" deste, lembrou que ao "longo destes 13 anos nunca se arrependeu".

À saída da sala de audiência no intervalo para almoço, o pai de Rui Pedro, Manuel Mendonça , frisou que "estes 13 anos de silêncio é o mais difícil de perdoar a Afonso Dias".

A sessão continua na tarde desta sexta-feira com as alegações finais do advogado dos pais de Rui Pedro, José Sá Fernandes, e do arguido, Paulo Gomes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG