Parque de campismo naturista encerra no final de Setembro

O primeiro parque de campismo naturista em Portugal, criado há sete anos em Andorinha, no concelho de Oliveira do Hospital, vai encerrar no final de Setembro, confirmou o seu proprietário, o holandês Siets Bijker.

Segundo Bijker, são as "exigências burocráticas" que impedem a viabilidade económica do pequeno parque de campismo, com cerca de 3,5 hectares, e que tem vindo a ser frequentado, sobretudo, por naturistas holandeses e belgas.

Para o proprietário do empreendimento, as entidades oficiais "só querem autorizar parques de grande dimensão", daí que as exigências para a renovação da licença se tornem "incomportáveis financeiramente para empreendimentos pequenos como este".

Já o presidente da autarquia de Oliveira do Hospital, Mário Alves, disse à Agência Lusa que o executivo camarário "sempre apoiou e ajudou os proprietários a resolver os problemas de licenciamento" mas, adiantou, "não é possível atropelar a legislação existente".

Confrontado com a notícia do encerramento, o autarca lamentou o facto e elogiou o comportamento dos proprietários e utilizadores, que "sempre tiveram um comportamento exemplar face à comunidade" local.

O parque de campismo Quinta das Oliveiras está localizado numa zona de fronteira entre os concelhos de Oliveira do Hospital e Tábua, com vista para as serras da Estrela e do Caramulo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG