Padre condenado a três anos de prisão com pena suspensa

O padre de Covas de Barroso, detido com armas proibidas, foi hoje condenado a três anos de prisão com pena suspensa e ainda ao pagamento de uma multa de 1.000 euros, a entregar aos bombeiros de Boticas.

Fernando Guerra foi detido a 25 de Outubro de 2009 na sacristia da Igreja de Covas do Barroso, Boticas, pelos militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Chaves por suspeitas de posse de armas proibidas.

Posteriormente, nas buscas realizadas à residência paroquial foram-lhe apreendidas seis armas, cerca de 800 munições de diferentes calibres, um engenho explosivo e uma mira telescópica.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG