Minuto de silêncio por estudante assassinado

A Academia do Porto, que ontem à noite se reuniu na Avenida dos Aliados para assistir à Serenata Monumental, fez um minuto de silêncio em homenagem de Marlon Correia, assassinado no 'queimódromo'.

A serenata, que abre as festividades da Queima das Fitas do Porto, serviu para que os milhares de estudantes lembrassem o universitário que foi morto, na madrugada de sábado, durante uma tentativa de assalto às bilheteiras do evento.

Nas redes sociais multiplicam-se as palavras de indignação por a Federação Académica do Porto (FAP) não ter cancelado pelo menos uma noite da festa académica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG