Metro reforça serviço durante Queima das Fitas

A Metro do Porto anunciou hoje um reforço do serviço em toda a rede durante a semana da Queima das Fitas, que arranca no sábado à noite e apenas termina no dia 13.

Em comunicado enviado à Lusa, a Metro do Porto refere que, no âmbito desta operação especial para a Queima, o metro fará duas noites "non-stop", designadamente a seguir à Serenata (de sábado para domingo) e ao cortejo académico (do dia 8 para o dia 9).

Nestas duas noites, "o serviço será contínuo em toda a rede, exceto na linha Violeta, para o aeroporto", sendo que "a linha Azul garante ligação direta e constante entre a baixa do Porto e o Queimódromo, com ligação a partir da estação da Câmara de Matosinhos".

No domingo, primeiro dia da Queima, a rede terá um reforço entre as 9:00 e o início da tarde "para garantir o melhor serviço com destino aos Aliados, onde se realizará a missa de Bênção das Pastas, às 11:00".

Já ao longo do dia do cortejo (8), o Metro reforça a oferta a partir das 14:00, sendo que a partir das 16:00 "disponibiliza capacidade máxima em todas as linhas, com todos os veículos em modo duplo e a maior frequência possível em toda a rede".

Este reforço "prolonga-se toda a noite e até ao Queimódromo, ininterruptamente", frisa a empresa.

"Nas restantes noites da Queima, a Linha Azul (A) abre mais cedo, às 5:00, assegurando o melhor regresso a casa", acrescenta a empresa.

Nas duas linhas que servem o norte da Área Metropolitana, o transbordo tem que ser feito na estação Senhora da Hora, de onde partem, com frequência horária, os veículos com destino às estações Póvoa de Varzim e ISMAI (Maia).

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG